05
dez
12

websérie apocalipze

A websérie Apocalipze é uma série de gênero suspense produzida e gravada em Belo Horizonte e é um raro exemplo de produções do gênero realizadas na cidade. A direção é de Guto Aeraphe, reconhecido por dirigir a websérie Heróis, citada pela MTV como uma das melhores webséries do ano.

O cenário de Apocalipze é um Brasil contaminado por um misterioso ataque bio-nuclear no ano de 2015, período em que – devido aos eventos da Copa do Mundo – se encontra em situação econômica favorável e, portanto, susceptível a interesses de outras nações. O país é atacado e pouco se sabe acerca do culpado, porém suspeita-se de uma organização chamada Clube Bildeberg, supostamente composta por figuras representantes de países desenvolvidos e organizações religiosas. O personagem central Marcos, professor de Biomedicina, é um dos sobreviventes e se junta a outros com o intuito de investigar as causas por trás da tragédia. Em sua luta por sobrevivência, ele tem de lidar com perigosos agentes paramilitares envolvidos com o ataque e lidar com uma cidade muito diferente daquela posterior ao ataque – não há eletricidade, meios de comunicação ou mesmo meios de transporte.

A produção da série foi feita em Belo Horizonte com locações externas e que são ponto de referência da grande Belo Horizonte. É Andreson Telles que fala sobre a experiência.

Apocalipze é um exemplo de produção local que nos mostra esforços felizes de incorporar à produção brasileira de mídia um gênero geralmente associado à produção norte americana de forma competente e original.


0 Responses to “websérie apocalipze”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Siga-nos no Twitter

Curta no Facebook


%d blogueiros gostam disto: